Questionário  |  Pesquisas De Opinião  |  Partidos  | 
Resposta EsteAnswer this

Questões Mais Populares

Veja como os eleitores estão ao lado de outras questões políticas populares...

Os militares devem permitir que as mulheres prestem serviço em funções de combate?

Resultados from Partido do Movimento Democrático Brasileiro

Última respondidas 4 dias atrás

Resultados da enquete sobre Mulheres em Combate na Partido do Movimento Democrático Brasileiro

Sim

312 votos

77%

Não

93 votos

23%

Distribuição das respostas apresentadas pelo Partido Movimento Democrático Brasileiro.

3 sim respostas
4 sem respostas
0 respostas sobrepostas

Os dados incluem o total de votos enviados pelos visitantes desde Jan 4, 2016 . Para usuários que respondem mais de uma vez (sim, sabemos), apenas a resposta mais recente é contada no resultado total. As porcentagens totais podem não totalizar exatamente 100%, já que permitimos que os usuários enviem posturas de "área cinza" que podem não ser categorizadas em posturas sim / não.

Escolha um filtro demográfico

Estado

Cidade

Partido

Ideologia

Site

Sim Não Importância

Dados baseados na média móvel de 30 dias para reduzir a variação diária a partir de fontes de tráfego. Os totais podem não somam exatamente 100% como nós permitimos que os usuários enviem posturas "zona cinzenta" que não podem ser categorizadas em sim / não posturas.

Saiba mais sobre mulheres em combate

No Brasil, as mulheres foram autorizadas a servir nas forças armadas a partir de 1980, quando o exército brasileiro se tornou no primeiro exército da América do Sul a aceitar mulheres em carreiras militares; as mulheres prestam serviço na Marinha e na Força Aérea apenas no Corpo da Reserva Feminina. Os proponentes argumentam que isso ajudará os militares a reter mais mulheres, as quais tendem a deixar permanentemente os serviços quando têm filhos. Os opositores argumentam que permitir que as mulheres prestem serviço nessas funções limitaria a capacidade militar de luta em situações de combate.  Veja as recentes notícias sobre Mulheres em Combate

Discutir esta questão...